sexta-feira, 4 de setembro de 2015

O prodigioso T.S. Spivet



Um filme singular.

Não é nenhuma obra prima, mas cativa e emociona. Excelente para se levar um neto pela primeira vez a um filme de 12 anos. 
A história contada nada tem de especial. O que é especial é o rosto suave e sério do jovem T.S., a sua candura,  inteligência e remorso.  A natureza selvagem da América profunda. A ausência de sofisticação no retrato de personagens sui géneris.

Um filme a ver. 







2 comentários:

  1. Já anotei a sua sugestão para uma ida ao cinema com os mais pequenos :)

    Um beijinho

    ResponderEliminar