sábado, 14 de setembro de 2013

O meu blogue

Em tempos tinha quase 500 leitores todos os dias. Isto foi noutra era quando o meu primeiro blogue obteve grande sucesso e foi divulgado em sites como o Woophy, que é internacional. Neste momento tenho cerca de 100, muitos deles dos EUA, Rússia e Brasil, que não sei bem quem são e adoraria conhecer...

Quanto a mim , a abertura do novo blogue foi difícil e o contacto com esses leitores ter-se-à perdido, apesar do título ser quase o mesmo. Neste momento estou a atingir os 20.000 leitores em dez meses...

Não tinha sido eu a desenhar o primeiro blogue, confiei no meu irmão mais novo e ele , depois duma rixa estúpida familiar, bloqueou-me o blogue, como se alguma vez pudesse cortar-me o pio ou impedir-me de exprimir o que quer que fosse à vontade. Era preciso não me conhecer...

Em 1 de Janeiro deste ano enchi-me de coragem e criei um novo blogue , que quanto a mim ficou muito melhor que o anterior, não só graficamente, mas também em termos de conteúdos, dado que não me cingi só aos temas artísticos, e passei a escrever sobre o que me vai na alma....ou seja, introduzi um carácter mais reflexivo nas minhas entradas.

Graficamente, então, mudou muitíssimo. Resolvi aproveitar o espaço à largura para aumentar o tamanho das fotos, que são uma das marcas do meu blogue.Todos os dias tiro fotos, componho fotos, recordo momentos em que as tirei e pasmo com a nitidez das paisagens no ecran.

Também gosto dos textos, leio amiúde textos que já escrevi há meses.

Já há algum tempo que não pintava, mas hoje resolvi experimentar os meus novos lápis aguarela Carand'ache, que comprei antes de ir de férias. São lindos e pode-se pintar de um modo diferente, mais original, paisagens mais leves e oníricas. Pinta-se a lápis e depois retocam-se a pincel com água.

Sempre gostei de aguarelas, mas as que pintei são poucas.



 Eis o que pintei hoje....chamei-lhe Fim do Verão , expressa bem o que me vai no espírito....

3 comentários:

  1. Gosto da pintura que considero totalmente de acordo com o título. É luminosa mas, ao mesmo tempo triste. As cores um pouco mais escuros prenunciam o inverno que aí vem e que por vezes anda instalado no nosso coração. E o verão anima. Eu queria que fosse sempre VERÃO.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigada, Graciete.

    Não gosto muito do calor, mas o verão é bem mais alegre, com as tardes longas , os pores do sol tardios e as noites cálidas....mas infelizmente vamos ter outono e depois inverno. Espero que a sua boa disposição não esmoreça.

    A Luisa hoje foi à praia.....:)

    Bjinho

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar